Opinião

Segurança e saúde, prioridades de Moreira

Em meio a vários agradecimentos, Moreira disse que seu governo definiu como prioridades a saúde e a segurança pública. Para isso, ele pretende fazer um acompanhamento diuturno nos hospitais administrados pela Secretaria de Estado da Saúde, além de lançar mão de ações para combater os índices de violência que têm crescido nos últimos tempos. Pinho Moreira demonstrou preocupação com os gastos com folha de pagamento, que estão próximos do limite estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Por isso, comentou, durante o discurso, sobre a necessidade de redução da máquina pública.

Leia opiniões sobre outros assuntos.

Últimas notícias

Atos oficiais do município rendem uma fortuna em publicações

18/02/2018

Muito oportuno disciplinar a publicação de atos oficiais do município na Internet, via Diário Oficial Eletrônico, desobrigando de publicação em jornais impressos, exceto nos casos inevitáveis e por disposição expressa de lei maior, como propõe o vereador Marcelo Achutti (PP), líder do governo na Câmara Municipal.

A intervenção de risco no Rio de Janeiro

17/02/2018

O anúncio de intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro soa como uma insensatez. Porque provisória, porque sem preparo algum (até o Exército foi surpreendido com a improvisação política do presidente Temer), porque não resolverá em definitivo um problema crônico do estado.

As importâncias e desimportâncias do Legislativo

17/02/2018

Vê-se, numa sessão de legislativo, ênfases a desimportâncias e desimportâncias a ênfases, egos inflados e excessos de mandato, como as indefectíveis indicações para tudo, desde retirar uma pedra saliente de uma pavimentação, até colocar uma lâmpada num poste (no caso de Câmara Municipal), coisas facilmente solucionáveis com um mero telefonema a quem de direito da administração municipal. Enfim, uma sonora perda de tempo e espaço.

Melhores IDHs não são os melhores em educação e saúde

17/02/2018

Pelo contrário, os melhores em educação e saúde são, majoritariamente, municípios de pequeno porte, onde os investimentos, ao que indicam as notas, são direcionados prioritariamente para essas duas áreas essenciais. Nos municípios maiores, há necessidades diferenciadas e mais profundas e aí as prioridades em educação e saúde ficam comprometidas, apesar de possuírem recursos carimbados.

Tentaram arrombar CEF da Quarta Avenida e foram presos

16/02/2018

Na madrugada de quinta, 15, a PM recebeu informação de arrombamento na agência da Caixa Econômica Federal da Quarta Avenida, centro de Balneário Camboriú. Informada por vizinhos e pela empresa de monitoramento do disparo do alarme, a PM cercou a área e surpreendeu os assaltantes.

Polêmica da Guarda Municipal no Carnaval

15/02/2018

Repercussão da ação da Guarda Municipal durante o Carnaval, expulsando foliões de cima da Avenida Atlântica por terem ultrapassado o horário permitido de interdição da via para exibições e desfiles, foi muito longe. As interpretações variaram muito - do legalismo exacerbado, passando pelo apoio quase unânime da população e terminando com adjetivações grosseiras.

Ver todas as notícias